Algo A Dizer
Algo a Dizer
 

Chico Anysio, compositor dos bons

Por Jorge Nagao

Muito se falou sobre os mais de 200 personagens criados por Chico Anysio mas quase nada se disse sobre as mais de 200 músicas de sua autoria. 197 delas antológicas, na opinião de Ivan Lessa, colunista da BBC Brasil, o primeiro jornalista a lembrar a face musical do genial humorista. Parceiro de Dolores Duran a Antonio Marcos, de João Roberto Kelly a Benito de Paula, de Hianto de Almeida a Arnaud Rodrigues, de Luiz Gonzaga a Nonato Buzar, é melhor parar para não te cansar, leitor@. Dos anos 50 aos 70, o humorista Chico foi um prolífico compositor. Caruso, seu chará de O Globo, disse que Anysio só não foi o maior compositor do Brasil porque estava ocupado sendo o maior humorista.

Haydée, sua mãe, foi sua parceira nas primeiras composições. Lupe e Lilian, suas irmãs, estudavam canto e davam recitais. Elano de Paula, seu irmão, compôs com Chocolate “Canção de amor”, a principal canção da divina Elizeth Cardoso. A família Paula respirava música e Chico também foi fisgado por ela. Ele conta que o responsável por sua incursão na canção foi o cantor e pianista Hianto de Almeida com quem fez 60 músicas. Chico, se americano fosse, como Bob Fosse, seria milionário apenas com os direitos autorais de suas canções. Vendia milhares de discos, inclusive como cantor, mas na hora de receber, ó! “O problema do disco (de vinil) é aquele buraco no meio, deve ser por ali que o meu dinheiro some” – ironizava ele. De tudo o que fazia, a música foi o que menos dinheiro rendeu ao chic Anysio e mais decepções lhe causou. Desiludido, praticamente deixou de compor. Mesmo assim, todo mês compunha pelo menos uma canção contou ao musicólogo Tárik de Souza no programa MPBambas, do Channel Brazil.

Esse cara falou, falou, mas até agora não me lembro de nenhuma música do Chico Anysio, deve estar pensando o desconfiado leitor. Se você tem menos de 50, claro que não se lembra porque é muito jovem; e se tem mais de 50 também não deve se lembrar dessas músicas porque nessa idade a memória se esquece de lembrar de muitas coisas, certo, biscoito? Os cantores mais famosos e as mais renomadas intérpretes gravaram Chico (não o Buarque nem o César) mas o Anysio. Por exemplo, Orlando Silva, o cantor das multidões; Luiz Gonzaga, o rei do baião; Maysa, aquela do “Meu mundo caiu”; Martinho da Vila gravou “Como você”, de Sarah Benchimol e CA, em 2003; Jair Rodrigues cantou “A Família” de Ary Toledo e CA, que ganhou o prêmio de melhor letra num Festival da Record nos anos 60; Simonal também fez sucesso com uma música anysíaca. Quer mais? Então, vamos ao top five do compositor Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho. É vapt, vupt!

5) “A fia de Chico Brito”, letra e música de CA, uma das poucas músicas engraçadas do humorista que era mais lírico e formal em suas letras. Gravada por Dolores Duran nos anos 50 e pela exigente Elis Regina, nos 70.

4) “O rancho da Praça Onze”, de João Roberto Kelly e CA, foi o prefixo musical da grande cantora Dalva de Oliveira, e até hoje é bem tocada no carnaval.

3) “Folia de Reis”, Arnaud Rodrigues e CA. Dentre os inúmeros sucessos de Baiano e os Novos Caetanos, disco que chegou ao topo da parada no Brasil e na Europa, virou um clássico da MPB.

2) “Rio antigo”, de Nonato Buzar e CA, é um dos grandes sucessos de Alcione. Quando tiver uns minutos, espie no Youtube esta e outras pérolas que o talento de Chico Anysio produziu.

1) “Hino ao músico”, de Chocolate e CA, uma merecida homenagem ao músico e à música porque “Música é alegria/ Ela vem, lá se vai nostalgia/ Música nos ajuda a viver a sorrir/ Mais amor pela vida sentir”. Gravada com muito sucesso pelo Trio Irakitan, era o prefixo dos seus shows e programas.

Valeu, Chico, que Dó que você foi pra Lá, Ré sta-Mi e a Si, o Sol das suas canções que me Fá-z feliz, bem feliz, amado mestre.

Jorge Nagao é escritor e jornalista

Envie seu comentário:
Nome:*
Email:**
Comentário
Imagem de verificação

*Campo obrigatório
**O e-mail não é obrigatório e não será exibido no comentário
Comentários
  Maria Celia Soares Santos
25/04/2012

Legal. Gostei muito de saber que Chico Anísio participou da criação destas canções maravilhosas que cantarolo aqui em casa.
Até aqui só me lembrava de suas participações no fantástico: uma intelectualidade dúbia e sem conteudo a meu ver. Ou personagens que ridicularizavam o povo, nesta época eu o assistia com desconfiança.
Foi muito bom conhecer o outro lado de Chico Anísio, me fez muito bem, obrigada.
 
  lucabarbabianca
26/04/2012

Meu Mestre! E eu que na minha densa ignorãncia achava que o Chico tinha sido um compositor bisexto, com alguns poucos sucessos... um aqui outro acolá... Mais de duzentas produções, hein?
Obrigado por espanar a minha falta de erudição musical. Abarbacios and barbakisses.
 
  Nagao
21/05/2012

Maria Celia e Luca,
Arigathanks pelas gentis palavras.
Nag@
 
 

contato@algoadizer.com.br | Webmaster: Marcelo Nunes | Design - Pat Duarte